Dia Internacional da Dança

O Dia Internacional da Dança é comemorado no dia 29 de Abril, data instituída em 1982, pelo Comité Internacional da Dança (CID) da UNESCO, com intuito voltado ao nascimento de Jean Georges Noverre, mestre do balé francês. Assim, a proposta é chamar a atenção para essa atividade, de modo a incentivar governantes do mundo a fornecer um local próprio para a realização da dança.
Por coincidência, a data está associada a uma personalidade brasileira de importância no balé. Marika Gidali, bailarina co-fundadora do Ballet Stagium em São Paulo, também nasceu no dia 29 de abril.
Sobre a dança, é importante ressaltar que ela traz diversos benefícios à saúde, tanto terapêutico, quanto culturais, sociais, educacionais a científicos. Ainda, como em toda atividade física, o cérebro libera serotonina, substância que traz a sensação de alívio, melhorando o humor e o sono.

Benefícios da prática da dança de salão:
• Reduz estresse e ansiedade
• Aumenta a capacidade sanguínea
• Combate à depressão
• Trabalha a respiração
• Favorece a perda de peso

Neste dia, são realizadas diversas atividades por associações, escolas e outras entidades ligadas à dança, para promover esta arte que é vista como linguagem universal, promotora de ideais como a liberdade de expressão e a igualdade de direitos.

“A dança consegue revelar tudo o que a música esconde misteriosamente, tendo mais mérito de ser humana e palpável. A dança é poesia com braços e pernas, é a matéria, graciosa e terrível, animada, embelezada pelo movimento”. – Charles Baudelaire