Dia Mundial dos Animais

04/10/2018 21:34

A origem da data se deu no ano de 1931 durante uma convenção de ecologistas em Florença. A escolha levou em consideração o fato do dia 4 de outubro ser o dia de São Francisco de Assis, considerado o santo padroeiro dos animais.

 

Na sociedade mais remota os animais, tanto de porte grande a porte pequeno, eram reconhecidos para finalidades específicas como principalmente para tração ou caça. Atualmente a sociedade moderna trouxe maior significado para estes animais, deu possibilidade de inserir cada dia mais no seu cotidiano um animal de companhia. Através disto podemos perceber que os animais hoje acabaram se tornando como “filhos” para alguns casais ou até mesmo jovens que vivem sozinhos. No geral, os animais se tornaram um símbolo de bem-estar no seio das famílias independente da idade. 

Os animais servem como ajudantes na recuperação de pessoas com algum problema de saúde, tanto física como mental, levando à uma melhora na qualidade de vida. A aproximação e contato com o animal é capaz de despertar e melhorar as potencialidades do praticante, além do benefício que está ligado ao movimento do cavalo, que estimula ajustes motores no corpo de quem está sob o animal. 

Dentre as terapias mais utilizadas podemos citar: Atividade Assistida por Animais (AAA) e Terapia Assistida por Animais (TAA). Na AAA o objetivo é a diversão com o animal, geralmente acontece com cachorros e pode ter a interação com brinquedos, como por exemplo bolas. Já na TAA, os animais podem ser considerados como parte do corpo de médicos, utilizados para o tratamento das doenças. Auxiliam no desenvolvimento da fala, coordenação motora e etc. Durante a interação com o animal há produção e liberação do hormônio endorfina no corpo do paciente, o que resulta sensação de bem-estar e relaxamento, assim como diminuição na pressão arterial e no nível do hormônio cortisol (DOTTI, 2005). O convívio com os animais também estimula o organismo no desenvolvimento das células de defesa, onde, otimiza o corpo a conviver com bactérias e consequentemente, diminuindo os casos de alergias e doenças respiratórias. Os animais utilizados para atividades geralmente são os cavalos, cães, gatos, pássaros, tartarugas, lhamas e golfinhos.

Equoterapia. Fonte: Meus Animais. Disponível em: https://meusanimais.com.br/beneficios-trazidos-pela-psicoterapia-animais/. Acesso em: 04/10/2018.

Terapia com Lhamas. Fonte: TRAMP entenda como quiser. Disponível em: http://tramp.com.br/gente/terapia-com-lhamas-leva-alegria-e-amor-aos-pacientes-de-um-hospital-em-washington/. Acesso em: 04/10/2018.

 

Além do uso de animais como companhia e para tratamento de saúde, é de extrema importância ressaltar o uso de animais na alimentação humana, pois são a principal fonte de proteína, vitaminas e nutrientes.

A região de Curitibanos trás na sua história a tradição da produção pecuária, com rebanhos de bovinos e ovinos, estes, comercializados para consumo humano. Além da Universidade Federal de Santa Catarina campus Curitibanos, que tem seus cursos voltados para a área das ciências agrárias, envolvendo estudos e pesquisas principalmente em animais de produção. Assim, podemos afirmar que a comunidade acadêmica e local trabalham em parceria com um mesmo objetivo: produção de animais para a alimentação humana.

Entre os alimentos de origem animal mais consumidos temos as carnes de bovinos, suínos, aves e peixes, ainda, ovos, mel, leite e seus derivados.  

Fonte: Suinocultura Industrial.com.br. Disponível em: https://www.suinoculturaindustrial.com.br/imprensa/consumidor-deve-ficar-atento-com-fraudes-em-alimentos-de-origem-animal/20160308-172004-u253. Acesso em: 04/10/2018.

Fonte: TodaMatéria. Disponível em: https://www.todamateria.com.br/alimentos-de-origem-animal/. Acesso em: 04/10/2018.

 

Os animais são de extrema importância na vida das pessoas, tanto para companhia, alimentação, saúde, beleza e etc. O dia Mundial dos Animais tem como um dos objetivos o esclarecimento dessa importância, trazendo a conscientização das pessoas sobre assuntos como abandono, contrabando, caça e maus tratos com os animais.  

 

REFERÊNCIAS

 

Comments